sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Perséfone



Tarô Mitológico



Tez pálida, outrora medo
Agora, pena daqueles
Gementes nas profundezas

Boca da caverna
Misto de dor, amor e temor
Titubeia, desce
Ali finaliza seu destino

Romã aberta
Pequenas sementes entre dedos
O sumo da fruta na boca
Feliz desce, busca a escuridão

Sua Luz interior ilumina os caminhos
Desesperados, nela encontram esperança
Cérbero se curva,
Ante a rainha, pálida Luz

Hades, face crivada pela dor, espera
Nela, sua redenção
Nela, talvez, amor

Perséfone se aproxima
Hades oferece-lhe a mão
Luz e escuridão
Explosão!

Pequeno universo multicolorido redemoinha
Ascende
compreensão... comunhão...
amor...
Junho/2006



Escrito por Perséfone
Publicado em 29/09/08 em http://www.usinadaspalavras.com/

Um comentário:

  1. A beleza do texto está na esperança que a luz trouxe na escuridão.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita, é muito estimulante que meus textos estejam sendo apreciados pelas pessoas, acho que esta é a realização de todo autor.
Beijos no coração de todos e LUZ sempre...
Perséfone