quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

São Paulo - 455 anos

Esta alvoroçada cidade não imaginava a sua grandeza e importância há 455 anos atrás.

Pateo do Colégio

A cidade de São Paulo originou-se na fundação do Colégio dos Jesuítas em 25 de janeiro de 1534, pelos padres Anchieta e Manoel da Nóbrega e a partir daí cresceu como um povoado vivendo da agricultura de subsistência, tentando implantar a cultura do açúcar, escravizando os índios, mas sem sucesso; porém, o sonho dourado era a busca de ouro e pedras preciosas, fazendo que na metade do século se iniciassem as Bandeiras.

SAO PAULO - BANDEIRAS

SAO PAULO - Jean-Baptiste Debret, 1827

Em 1681, a cidade de São Paulo já era o centro da Capitania, porém somente em 1711 a vila foi elevada à categoria de cidade. Por esta época São Paulo era uma província pobre, pois era apenas o ponto de onde partiam os bandeirantes para desbravar o interior do Brasil, aqui não havia qualquer atividade econômica lucrativa, como em outras capitanias do país, a mão de obra era escassa, já que não se conseguiu escravizar o índio e os homens se embrenhavam no mato em busca de sonhos.

Imigrantes Italianos nos portos de embarque em 1886

Imigrantes Italianos nos portos de embarque em 1886

E assim foi até a virada do século XVIII para XIX, quando a agricultura cafeeira iniciou o progresso e trouxe os imigrantes europeus, que tanto contribuíram para o crescimento desta cidade.

 

Aqui se desenrolaram muitos dramas - das Bandeiras que se dispuseram a desbravar este Brasil, da independência deste país, da abolição da escravatura, do desenvolvimento pela agricutura e industrialismo, das chamas artísticas da semana de 22, da revolução de 1930 em busca de identidade, do crecismento desordenado, das perdas dolorosas pela época da ditadura militar, dos comícios na praça da Sé pelas eleições diretas em 1984.

Diretas Já

Cidade maravilhosa, cheia de problemas e maravilhas a quem estiver disposto a observar, com uma rica história verificada nos prédios preservados de seu centro antigo. 

favela-morumbi-sao-paulo

Contrastes - Favela do Morumbi

Aqui vamos do contrate mais "medieval" das favelas onde chora, sofre e cresce a população mais desprovida; à beleza "futurística" da Avenida Paulista que é o coração de onde pulsa o desenvolvimento deste país do século XXI.

 

Avenida Paulista

Cidade, hoje, desprovida de belezas naturais quando comparada a outras, mas que exulta de vida e belezas outras, criadas por esta gente trabalhadora de todas as partes do mundo e do próprio país; que aqui ainda acorre  em busca do sonho dourado como os primeiros bandeirantes.

Cidade com os braços sempre abertos a receber quem se dispuser a trabalhar, da mais linda mistura de povos, da solidariedade a qualquer recanto deste País e Mundo onde são necessários seus préstimos.

Arco íris em Sao Paulo - foto Ricardo Beccari

Arco íris em Sao Paulo - foto Ricardo Beccari

Parabéns, São Paulo! Que seus ecos de liberdade, desenvolvimento e fraternidade possam ouvir-se para sempre nas linhas da sua História.

Perséfone Hades (Bia Unruh)

Publicado em  http://www.usinadaspalavras.com/ler.php?txt_id=83887

2 comentários:

  1. Minha querida Bia !
    "São Paulo - 455 anos", elucidativa e útil postagem tão bem acompanhada de fotografias de outrora e de hoje. É com um frémito de entusiastico pensar que imagino essa grande metrópole e tanto que ela tem de raízes portuguesas e hoje cidade de encruzilhadas universais.
    "Parabéns São Paulo"
    Obrigado pelo texto e divulgação.
    Um beijo do amigo
    josé movilha

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita, é muito estimulante que meus textos estejam sendo apreciados pelas pessoas, acho que esta é a realização de todo autor.
Beijos no coração de todos e LUZ sempre...
Perséfone